Seis mulheres foram assassinadas em Guanambi no ano que passou. O número representa 35,2% do total de Crimes Violentos Letais Intencionais (Crimes dolosos contra a vida) ocorridos em 2018 que somou 23 mortes.

Entretanto a maioria dos casos envolvendo mulheres, está relacionada ao uso e tráfico de entorpecentes e dois casos classificados como feminicídios. Este tipo de crime se caracteriza quando a morte da vítima se dá pela condição de gênero, cometidos por companheiros ou ex-companheiros.

Os números da violência em Guanambi ano passado certamente poderiam ser maiores, mas graças um forte trabalho repressivo da Polícia Militar e um inteligente trabalho de investigação da Polícia Civil, houve uma contenção na escalada de crimes dolosos contra a vida.

Por Bonny Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui