A história dos irmãos Maria Fernandes Baleeiro e Guilhermino Fernandes Baleeiro esquentou a sala fria de eletro do Hospital Regional de Guanambi (HRG), sudoeste da Bahia, na última segunda-feira (21). Há trinta anos separados, os dois se encontraram quando menos esperavam: durante um procedimento na unidade de saúde da cidade. Maria se mudou para São Paulo ainda muito jovem, para trabalhar. O irmão ficou em Sebastião Laranjeiras e perderam o contato desde então. No início da semana ele deu entrada no hospital com fortes dores no peito, fez exames e foi levado para o corredor pelo maqueiro Alan Costa, quem contou a história para o Aratu Online. “A próxima paciente era Maria, que estava se queixando da mesma coisa. Quando ela entrou na sala de eletro a ficha de Guilhermino ainda estava lá. Perguntamos se eram parentes e ela nos contou que tinha alguns irmãos perdidos pela Bahia. Foi então que eu juntei a maca dos dois, eles se olharam e começaram a chorar”, contou Alan. Ainda segundo o maqueiro, todos na unidade se sensibilizaram com a história. “Os médicos e demais pacientes tiraram fotos e choraram junto. Foi uma comoção”. Os dois já saíram do hospital e foram conhecer os familiares que ainda não conheciam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui