Vídeo de funcionário de Colégio Estadual jogando água em mulher com transtornos mentais repercute nas Redes Sociais; ele diz estar arrependido

0
26
Foto: Reprodução
<

Um vídeo registrado na tarde da última quinta-feira (22/11), onde um porteiro do Colégio Estadual Anísio Teixeira, em Palmas de Monte Alto (BA), joga água em uma mulher com transtornos mentais causou grande repercussão nas Redes Sociais. Segundo informações, no vídeo gravado por um aluno, o funcionário, identificado como Ricardo Cardoso, aparece jogando água na senhora conhecida como “Maria de Pandica”, que estava na frente da referida Instituição Escolar.

Em entrevista ao programa Jornal da Manhã, da Rádio Visão FM, o servidor falou sobre o caso e garantiu estar bastante arrependido pelo que fez. “quero pedir ao povo de Palmas de Monte Alto misericórdia comigo, pois sou pai de família, mas as vezes a gente comete erros, e naquele momento eu fui fraco e não soube me conter. Nada justifica o que eu fiz, Maria chegou bêbada, bem bêbada mesmo e quando ela chegou no colégio ela ficou por um bom tempo, eu me afastei, fiquei distante na guarita, mas ela chamou muito atenção dos alunos. Eu pedi para ela sair, mas isso não ocorreu. Como esse pessoal não gosta de água, eu peguei como uma espécie de ameaça, mas teve um determinado momento que ela pediu para jogar água nela, porque ela estava muito bêbada, eu joguei uma caneca, joguei outra, eu falei encosta aqui que vou te dar um banho, ela encostou na beira do portão, eu despejei uma caneca na cabeça dela, a água acabou eu fui lá, peguei mais, fiz o mesmo procedimento, ela perguntou, não acabou ainda não? Eu falei não, ainda nem passei o sabão, Maria sorriu e eu continuei a jogar água na cabeça dela”, manifestou ele.

Centenas de comentários foram registrados nas Redes Sociais discordando da atitude de Ricardo e requerendo uma punição. Procurado pela nossa reportagem, o diretor do Colégio Estadual Anísio Teixeira, Jânio Martins Montalvão, afirmou que as providências serão tomadas dentro do que prevê a Lei. O gestor escolar manifestou que, a Instituição jamais se omitirá diante de qualquer problema relacionado ao órgão.

Fonte: Portal Vilson Nunes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui