Guanambi teve queda no emprego formal em janeiro

0
7
Foto: reprodução

O município de Guanambi teve diminuição nos postos de trabalho com carteira assinada no primeiro mês de 2019. Segundo o relatório do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgada nesta quinta-feira (28), em janeiro houve retração de 34 empregos. Foram 226 admissões contra 260 demissões, pior resultado para o mês deste 2016, quando foram fechados 54 postos de trabalho. Em janeiro de 2018 foram criadas 15 novas vagas. O saldo atual é de 10.311 vagas formais ocupadas no município. Na microrregião de Guanambi, que inclui 18 municípios, o saldo também foi negativo, 46 vagas foram fechadas no mercado de trabalho. As empresas admitiram 450 funcionários durante o mês, enquanto 496 vagas foram fechadas. O setor que abriu mais vagas foi também o que mais fechou. O comércio varejista contratou 36 vendedores e demitiu 34. Também foram demitidos 11 embaladores. O setor industrial mandou embora 13 operadores de máquinas fixas. A educação abriu vagas, foram 13 para professor de ensino superior e 4 para supervisor pedagógico, ambos com salário acima de R$ 3.500,00. Na Bahia foram criadas 1.211 novas vagas de trabalho, e em todo o pais 34.313 vagas. Em 2018 foram abertos 549 novos postos de trabalho em Guanambi.

As informações são da Agência Sertão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui