Foto: Reprodução

Na manhã deste sábado(18/05), mais um caso de óbito causado por picada de cobra foi registrado em Caetité.

Conforme apurado pela redação do Radar 030, uma mulher identificada como Maria da Gloria de Jesus, de 87 anos de idade, moradora da comunidade de Lagoa de Fundo, Pajeú dos Ventos em Caetité,  foi picada por uma  cobra coral na região do braço, enquanto pegava lenha para acender o fogo para fazer o café da manhã em sua residência. 

Picada, e sem tempo hábil para procedimento de primeiros socorros a mesma veio a óbito ainda no local.  O corpo da mulher foi levado ao IML de Guanambi para perícia. 

É importante comentar que a maioria das cobras só ataca um ser humano quando se sente ameaçada. Por isso ao avistar uma cobra, desvie do caminho dela, deixando ela seguir o caminho dela e você o seu.

Além disso vale também seguir as dicas abaixo:

Use sempre calçado fechado e calças compridas. Se estiver em um local que é conhecido por ter cobras use botas de cano alto ou perneiras para proteger a parte de baixo das pernas.

Preste atenção onde coloca as mãos quando for se apoiar para pegar impulso ou até mesmo na hora do descanso.

Não mexa com as cobras, mesmo que estejam ou pareçam mortas. Ainda assim, elas podem injetar veneno.

Se você deixar seus sapatos fora da barraca, antes de calçá-lo, certifique-se de que não tem alguma intrusa se abrigando dentro dele. Cobras gostam de se abrigar em locais quentes, escuros e úmidos, exatamente como sua bota ficará após uma caminhada. 

Procure limpar o local onde irá montar a sua barraca, tirando gravetos, folhas mortas, cascas de árvores. As cobras e outros animais peçonhentos costumam ficar escondidos nesses locais durante o dia para à noite sair para explorar. Faça essa limpeza com cuidado, pode ter uma cobra escondida embaixo de pedras e troncos.

Nunca, jamais deixe a porta da barraca aberta especialmente de noite quando a maior parte das cobras está ativa.

Primeiros socorros

O que fazer em caso de picadas por Cobra Venenosa:

Lavar o local da picada apenas com água, sabão ou soro fisiológico.

Manter o paciente deitado e o mais calmo possível, porque agitado o sangue se espalha mais rápido e o veneno também.

Manter o paciente hidratado, dando pequenos goles de água a ele.

Procurar o serviço médico o mais rápido possível, como sempre frisamos somente médicos podem prescrever um medicamento a uma vitima de qualquer acidente.

Se possível, levar o animal para identificação (morto ou vivo). Se não for possível filme ou fotografe. A identificação do animal, por uma pessoa capacitada faz com que o soro correto seja aplicado já que cada cobra precisa de um soro diferente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui