Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Um levantamento da empresa ClearSale, que atua no setor antifraude, mostra que a tentativa mais recorrente de burlar as compras na Black Friday ocorre com o uso de dados de cartão de créditos de terceiros  pelo comércio eletrônico. 

Segundo a empresa, a maior parte das tentativas de fraude ocorre na compra de celulares e games.

De acordo com a ClearSale, o valor de fraudes evitadas de 0h01 de quinta-feira (28) às 11h59 de sexta-feira (29) é de R$ R$ 10.897.619 

Segundo o acompanhamento atualizado de hora em hora da empresa, a quantidade de pedidos feitos desde quinta-feira é de 3.305.732, com tíquete médio nacional de R$ 619,20.

“Esta Black Friday tem sido uma edição de sucesso. O valor de fraudes evitadas está em linha com o que já prevíamos e acreditamos que a tendência deve ser mantida ao longo do dia”, destaca Omar Jarouche, diretor de Soluções da ClearSale. (R7)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui