Foto: Reprodução

O filho do apresentador Gugu Liberato, João Augusto, de 18 anos, chorou a todo instante desde que chegou na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) para velar o pai. Ele foi um dos que carregaram o caixão até o local do velório, onde acontece uma cerimonia reservada a família.

A mãe de Gugu, Maria do Céu, também estava muito emotiva — e aos 90 anos de idade, precisou se locomover em uma cadeira de rodas, empurrada por um bombeiro.

A esposa de Gugu, a médica Rose Miriam Di Matteo, e os irmãos do apresentador, Amandio Augusto e Aparecida Liberato não aguentaram e foram levados as lagrimas ao verem o cenário com o carro fúnebre, a imprensa, e alguns conhecidos que abraçavam.

Amandio foi outro que carregou o caixão, mas na metade do caminho largou aos prantos. As outras filhas do Gugu, as gêmeas Marina e Sofia, de 15 anos, estavam com os semblantes tristes e amparando os familiares. Ninguém falou com a imprensa.

Todos os integrantes da família vieram com o corpo de Gugu Liberato desde a saída do aeroporto Internacional de Orlando, nos Estados Unidos, na noite de ontem, no voo AD 8707, da Azul Linhas Aéreas Brasileiras, até a chegada na manhã de hoje, no aeroporto Viracopos, em Campinas (SP).

Gugu Liberato morreu aos 60 anos, após sofrer um acidente doméstico na quarta-feira (20), nos Estados Unidos. De acordo com nota oficial divulgada por sua assessoria de imprensa, ele teve uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão de sua casa, em Orlando.(Salvadornoticias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui