© Ricardo Moraes

A notícia saiu na Folha de S.Paulo e causou muitas polêmicas entre analistas políticas. Por um lado há muitas críticas e por outro há a torcida para que o ex-presidente seja solto. Tudo isso porque Lula ainda tem muitos apoiadores no Brasil e estes tentam uma pressão para que esta medida seja tomada.

O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, já foi condenado duas vezes e se encontra em prisão em cárcere fechado. No entanto, o petista pode estar próximo de ser transferido para uma prisão domiciliar, é o que acreditam os aliados do ex-presidente.

A notícia saiu na Folha de S.Paulo e causou muitas polêmicas entre analistas políticas. Por um lado há muitas críticas e por outro há a torcida para que o ex-presidente seja solto. Tudo isso porque Lula ainda tem muitos apoiadores no Brasil e estes tentam uma pressão para que esta medida seja tomada.

Jornalistas da Jovem Pan avaliaram como ‘ridícula’ a atitude do STJ, caso deixe o ex-presidente ir para um domicílio. Contudo, também analisaram que é inviável que STJ ceda a esta pressão, pois a medida seria totalmente impopular, porém há, sim, a possibilidade que isso aconteça.

Lula deixou a prisão recentemente para ir ao enterro de seu neto, de apenas sete anos, que faleceu. Hoje, o ex-presidente está preso e aguarda decisões favoráveis para que ele fique próximo de deixar a cadeia.

Lula governou o Brasil entre 2003 e 2010, elegendo Dilma posteriormente. Porém, a ex-presidente acabou sofrendo um processo de impeachment ao meio de seu segundo mandato, no ano de 2016, quando Michel Temer assumiu.

Na última eleição, Lula apoiou Fernando Haddad para o cargo de presidente da República. Com o apoio, Haddad chegou ao segundo turno, mas acabou derrotado para o atual presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, que é um rival e crítico do ex-presidente Lula. 

Fonte: 1news.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui