Foto: Reprodução

Boato – O compositor Manoel Gomes, autor do hit Caneta Azul, morreu aos 57 anos de idade. O motivo foi, segundo a família, um infarto fulminante.

Nos últimos dias, o meio artístico brasileiro acabou balançando por um cantor maranhense. Depois que teve um vídeo publicado no YouTube, Manoel Gomes ficou famoso em todo país. O motivo? Uma música cantada à capela chamada Caneta Azul.

Desde que a canção viralizou, Manoel Gomes já viu a sua música ganhar versões de famosos, foi convidado para programas de televisão e já planeja novos passos na carreira. O agora cantor já começou a sentir o gosto amargo da fama: há alguns dias, foi vítima de um boato que apontava que havia vendido sua música por R$ 700 mil. Hoje, uma fake news o “matou”.

Isso mesmo. De acordo com mensagens que viralizaram por aí, o autor de Caneta Azul morreu aos 57 anos de idade. A história surgiu em sites “daqueles” que pedem o compartilhamento para que você veja o conteúdo, mas chegou a ser publicada até em sites de notícias do interior. Leia o texto que circula online:

Morre o cantor e compositor maranhense Manoel Gomes do hit “Caneta Azul” Morreu na tarde deste sábado (02) aos 57 anos o cantor e compositor Manoel Gomes, autor da música ‘Caneta Azul’ que viralizou no Brasil inteiro. Manoel Gomes morreu de infarto fulminante, segundo informou a família.

Manoel Gomes, autor de Caneta Azul, morreu aos 57 anos de idade de infarto?

É claro que a notícia repentina (digna de um trecho de Ironic, de Alanis Morisette) chamou muita atenção na internet. Mas se você ficou preocupado com a notícia, calma lá. A história que aponta que Manoel Gomes, compositor da Caneta Azul, morreu é falsa. Vamos aos fatos.

Quando nos deparamos com a fonte da informação, já sabíamos do que se tratava. A história surgiu em um daqueles sites que anunciam notícias bombásticas no Facebook e Instagram só para roubar contas de internet. Funciona assim: a notícia bombástica é publicada e você entra em um site. Na página, você é instado a clicar em outro link para saber mais detalhes. Aí é que rola o golpe: um vírus é instalado no seu computador/celular e você pode ter a conta roubada. Importante: muitas das pessoas que “clicam para ver os detalhes” passam a compartilhar automaticamente o fake.

Para além disso, percebemos que um dos sites de notícias que publicou a informação errada (é, erros acontecem) apagou a notícia que apontava que Manoel Gomes havia morrido. E, ao buscar por outras fontes que falavam da morte do compositor de Caneta Azul, nada encontramos. Estranho, não?

Junte isso a mais dois detalhes. O primeiro é que Manoel Gomes sequer tem 57 anos. Apesar de contradições em matérias sobre ele (algumas falam que ele tem 49 anosoutras falam que tem 50 anos), o fato é que ele não tem 57.

O segundo é que a notícia foi desmentida por um jornalista maranhense próximo à família. Nonato Nogueira, apresentador da TV Record no Maranhão, comentou o seguinte “morro e não vejo tudo” ao postar um print da notícia falsa.

O próprio Nonato publicou um post onde anuncia as redes sociais oficiais de Manoel Gomes. Ao olhar as publicações do autor de Caneta Azul, achamos detalhes sobre a participação dele na Hora do Faro, vídeos dele cantando com a produção do programachegada em Araguaína (TO) e até um merchandising para a Bic. Nada de morte ou afins.

Resumindo: a história que aponta que o cantor Manoel Gomes, autor de Caneta Azul, morreu após um infarto é falsa. A história surgiu como pano de fundo para um golpe e acabou sendo compartilhada por outros sites por aí.(Boatos)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui