Pelo menos quatro estudantes caculeenses caíram no golpe de um estelionatário que vendia pacotes de cursos profissionalizantes se dizendo ser representante do programa Qualifica Brasil. O golpe foi descoberto esta semana e Celso Vieira, de 20 anos, morador da cidade de Barra da Estiva, foi preso em Licínio de Almeida.

Segundo informações apuradas pelo site Informe Cidade, o jovem havia aplicado o golpe em várias cidades da região. Celso era funcionário da empresa que executava os cursos e havia sido demitido da função de auxiliar por justa causa.

Segundo publicação feita pelo portal Paulo Publicidade, o suspeito de estelionato usava documentos que havia furtado da empresa para cometer os atos ilícitos.

Na manhã desta quinta-feira (14) o Informe Cidade foi procurado por um jovem estudante de 19 anos que se matriculou no curso oferecido por Celso Vieira. A vítima, que pediu pra não divulgar seu nome, disse que foi lesado pelo estelionatário.

“Tinha vários anúncios aqui na cidade sobre o curso Qualifica Brasil, um curso preparatório com convênio com o governo. As matrículas foram feitas na Câmera de Vereadores e lá também seria o curso. Eu fui, paguei a matricula de R$10,00 e mais R$20,00 para ter o material (livro e o certificado no final). Eu paguei tudo. Os dias dos cursos eram todos os sábados desse mês (março). No sábado passado, dia 09, começou eu fui. Ele mesmo (Celso) foi quem deu a aula, mostrando um total despreparo. E ontem descobri que ele foi preso.” Relata o jovem morador da zona rural de Caculé. A rapaz acrescenta que pelo menos mais três colegas também caíram no golpe, mas a estimativa é que aproximadamente 30 pessoas tenham sido enganadas aqui em Caculé.

Fonte: Informe Cidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui