Rafic Yassin Mohamed foi preso suspeito de divulgar nudes da ex em Cuiabá — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

Jovem estava inconformado com o término do relacionamento e divulgou fotos íntimas da ex ao encontrá-la com outro homem em um restaurante. Vítima registrou BO e polícia investigava o digital influencer.

Por G1 MT

Um digital influencer suspeito de ter divulgado nudes da ex-namorada dele foi preso nesta sexta-feira (12), Bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá. Rafic Yassin Mohamed, de 22 anos, era investigado pela Polícia Civil depois que a vítima, de 24 anos, o denunciou. Ele também é cantor.

Segundo a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá, Rafic teve a prisão preventiva decretada por ameaça e divulgação de cena de sexo e/ou pornografia.

O digital influencer estaria inconformado com o término do relacionamento e há dias ameaçava divulgar fotos íntimas da vítima.

G1 não localizou o advogado de Rafic. A Polícia Civil informou que ele prestou depoimento, mas não disse se ele confessou ou negou o crime.

Rafic Yassin Mohamed é cantor em Cuiabá. — Foto: Arquivo Pessoal

Rafic Yassin Mohamed é cantor em Cuiabá. — Foto: Arquivo Pessoal

No dia 27 de junho, a jovem estava acompanhada por um outro jovem em um restaurante, quando o cantor chegou ao local e viu os dois jantando.

De acordo com a vítima, Rafic os ameaçou de morte e disse que postaria as fotos da ex-namorada nas redes sociais. Ele cumpriu a ameaça e divulgou duas fotos em uma rede social em que a mulher se apresenta nua.

Logo em seguida, ela verificou que as fotos estavam em grupos do WhatsApp.

O caso ganhou grande repercussão devido ao fato do investigado ser cantor e digital influencer com mais de 225 mil seguidores.

Crime previsto

O crime de divulgação de cena de sexo e/ou pornografia, acrescentado ao código penal no ano passado, tem a pena de 01 a 05 anos.

No caso do cantor, ficou configurado a chamada ‘pornografia de revanche/vingança’, sendo que além da relação íntima de afeto entre eles a divulgação foi claramente efetuada com a intenção de vingança, tendo então um aumento de 1/3 a 2/3 na pena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui