Michel Temer foi preso em desdobramento da Lava-jato. Foto: Ruy Baron / Valor Econômico / Agência O Globo

O ex-presidente Temer passou a segunda noite na sede da Superintendência da Polícia Federal, na Zona Portuária do Rio. Ele e outros presos da operação Descontaminação devem continuar presos, pelo menos, até a próxima quarta-feira, quando serão julgados os pedidos de habeas corpus no TRF2ª Região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui