Crédito da Foto: Aratu On

Uma das festas mais esperadas do Pré-Carnaval de Salvador, o “Pipoco”, foi marcado por episódios de violência. Câmeras registraram confusões em diferentes pontos da folia, que aconteceu na última terça-feira (18/2).

Em uma delas, a jornalista Carol Veloso acabou tendo seus pertences furtados durante uma briga generalizada Avenida Almirante Marques de Leão, na Barra. “Estava com amigos caminhando em direção ao Farol da Barra, acompanhando o trio de Léo Santana. Como tinha muita gente, num determinado momento entramos em uma rua transversal que sairia lá no Farol. Houve uma aglomeração por conta da quantidade de pessoas”, lembra.

LEIA MAIS:Vídeo mostra “peladona” dançando em público no “Pipoco”; “ela vai se arrepender”

“Começou a ter muita briga e no meio do empurra, empurra abriu uma roda. De cara, um amigo meu tomou um murro na cara. Como estávamos em grupo, tentamos nos proteger e nessa hora, um suspeito se aproximou, junto com um comparsa e começou a efetuar furtos. No meio daquela agonia, tive o celular levado e outros documentos.Resolvi divulgar a situação para que os culpados sejam localizados e punidos”, ressaltou. 

Carol, depois de toda a situação, recebeu um vídeo que mostra o que ela e seus amigos passaram. As imagens mostram que a Polícia Militar chegou a ser acionada. Por conta do ‘susto’, a jornalista diz que vai dar “um tempo” da folia momesca. “Depois dessa… sem Carnaval de rua por um bom tempo”. 


Crédito da Foto: Aratu On

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui