Montealtense morre, após colisão entre moto e caminhão no estado de SP; ele já havia perdido o filho e mais quatro parentes em outro acidente

0
Foto: Leitor do Portal Vilson Nunes
<

Natural de Palmas de Monte Alto (BA), Advaldo Pereira Castro, de 50 anos de idade, morreu na manhã desta segunda-feira (17/9), após colidir com sua motocicleta na traseira de um caminhão, na SP-340, sentido a cidade de Campinas (SP), nas proximidades do trevo de acesso a cidade de Estiva Gerbi (SP).

De acordo com informações obtidas pelo Portal Vilson Nunes, por volta das 5h10, o montealtense seguia para o trabalho em uma motocicleta modelo Honda Bros, quando por motivos ainda desconhecidos colidiu contra a traseira do veículo. Segundo a polícia, o motorista do caminhão não parou para prestar socorro à vítima. No momento da colisão, chovia bastante na região.

Após o acidente, duas equipes de resgate chegaram ao local, mas nada puderam fazer, pois a vítima teve morte instantânea. Uma guarnição da Polícia Militar Rodoviária elaborou o Boletim de Ocorrência. O corpo foi removido ao IML de Mogi Guaçu (SP) pela Polícia Técnica. Conforme a família, o corpo já está sendo transladado para o município de Palmas de Monte Alto. O velório e sepultamento acontecerá na Lagoa do Mourão, na casa dos pais da vítima.

Advaldo, filho do senhor conhecido como ‘Camerindo da Lagoa do Mourão’, já havia perdido o filho Carlos Henrique Castro e mais quatro parentes Anastácio (cunhado) – Marleide Castro (irmã) – Stefane Castro (sobrinha) e Judite Castro (tia), em um grave acidente automobilístico, ocorrido em 23 de dezembro do ano passado, na MG-122, em Capitão Enéas, trecho próximo à cidade de Janaúba (MG).

Na época, o veículo saiu da cidade de Campinas (SP), com destino a Fazenda Lagoa do Mourão, zona rural de Palmas de Monte Alto (BA), onde as vítimas passariam o feriado de Natal em família. A tragédia aconteceu quando o carro de passeio modelo Pick-up, Fiat Strada de cor branca, colidiu em alta velocidade numa árvore, após o motorista tentar fazer uma ultrapassagem e perder o controle da direção, atingindo o tronco de um eucalipto, localizado às margens da referida rodovia.

Fonte: Portal Vilson Nunes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui