PF abre inquérito para investigar fake news de Haddad e Bolsonaro

0
18
Foto: Reprodução

A Polícia Federal instaurou neste sábado (20) inquérito para investigar a disseminação de mensagens pelo WhatsApp referentes aos candidatos à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). O pedido de abertura de investigação foi feito pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que quer a apuração do possível uso de esquema profissional por parte das campanhas, com o propósito de propagar fake news (notícias falsas).

Segundo reportagem publicada na quinta-feira pelo jornal Folha de S.Paulo, empresas pagaram, em contratos que chegariam a 12 milhões de reais, pelo envio em massa de conteúdos contra o Haddad no WhatsApp. No documento enviado ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para solicitar a investigação da PF, Raquel Dodge informa que os fatos mencionados em reportagens já motivaram a abertura de apuração pela Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE).

Fonte: Achei Sudoeste

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui