Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Um crime bárbaro chocou a população de Livramento de Nossa Senhora.

Na noite da última sexta-feira (11), José Alcântara, de 66 anos, ateou fogo em sua sobrinha e afilhada, Ângela Alcântara, na comunidade de Mucambo Malheiro.

Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o motivo do crime foi um som de carro que estava ligado em frente a casa do acusado, que estava lhe incomodando.

Armado com uma faca, Alcântara utilizou de uma garrafa plástica com gasolina para atear fogo na sobrinha. Segundo testemunhas, ele ainda ameaçava todos os populares de morte.

Ângela foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) e encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), em Livramento de Nossa Senhora.

De acordo com a equipe médica, a vítima teve 80% do corpo queimado. Entubada, ela aguarda uma vaga em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em Salvador.

A Polícia Militar foi até a casa de José e encontrou armas de fogo e um facão. Após o crime, o suspeito fugiu e ainda não foi localizado. Policiais da 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), lotados em Livramento de Nossa Senhora, e da 46ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), estão em diligências em todo o município para localizar o suspeito do crime.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui