Um jovem baiano de 22 anos pode ter sido o primeiro brasileiro a contrair o novo coronavírus durante uma viagem a Wuhan, na China, no início do mês de dezembro. O Brasil é um dos países que não confirmou até o momento casos de coronavírus.

Tarcicio Rodrigues é estudante da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e fez parte de um grupo de 14 pessoas (11 alunos e três professores) que participaram de um congresso universitário no local. Segundo reportagem publicada pelo jornal Correio na edição desta quarta-feira (5), no mesmo mês o jovem apresentou sintomas semelhantes aos causados pelo novo vírus, mas ficou curado alguns dias depois. O evento foi realizado entre os dias 2 e 12 de dezembro, período em que foram registrados os primeiros casos.

Ao deixar a cidade de Wuhan, Tarcicio começou a apresentar dores de cabeça, febre e coriza, sintomas que podem ser tanto do coronavírus quanto de um resfriado comum. O jovem só tomou conhecimento do surto quando desembarcou no Brasil.

Ainda de acordo com o jornal, o estudante procurou um infectologista que afirmou existir a possibilidade de ele ter contraído o coronavírus, apesar de não ser possível obter alguma comprovação facilmente, já que pelo tempo, o vírus poderia ter deixado o corpo dele.

“Pulei uma fogueira! Eu fiquei um pouco preocupado no início, mas para falar a verdade agora eu estou até aliviado e torcendo para que eu tenha pego o vírus, pois a infectologista me disse que caso eu tenha contraído o coronavírus, eu me tornei imune, provavelmente. Então, caso ele chegue ao Brasil, eu estou seguro”, comemora.

Fonte: Correio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui