Dois dias após ser controlado, brigadistas permanecem atuando para debelar incêndio no Parque Nacional da Chapada Diamantina

0
0
Incêndio destruiu área equivalente a 2,9 mil campos de futebol no Parque Nacional da Chapada Diamantina — Foto: Foto: Divulgação/ICMBio Dois dias após ser controlado
<

Dois dias após ser controlado, bombeiros ainda lutam, nesta quarta-feira (24), para debelar o incêndio que atingiu o Parque Nacional da Chapada Diamantina, na Bahia, segundo informações do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Ainda segundo o ICMBio, que atua no combate às chamas, uma equipe formada por 11 brigadistas, 3 chefes de esquadrão, 2 analistas, 1 gerente estadual do PrevFogo e 1 helicóptero continua na área fazendo vigilância, na tentativa de detectar possíveis novos focos.

O incêndio começou no dia 13 de outubro, na parte sul da unidade de conservação, região conhecida como Chapadinha, que fica nos limites dos municípios de Mucugê, Andaraí, Itaetê e Ibicoara, e teve origem externa ao parque. Ao todo, as chamas destruíram uma área de 2.990 hectares, o equivalente a quase 3 mil campos de futebol. Ainda não há informações sobre as causas.

Parque Nacional

Região turística, o Parque Nacional é uma Área de Preservação Ambiental (APA) que abrange seis municípios. Possui grande diversidade ecológica e ambiental em seu território, abrangendo, por exemplo, três biomas brasileiros: Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga. O Parque Nacional pode ser acessado pelos municípios de Andaraí, Ibicoara, Itaetê, Lençóis, Mucugê e Palmeiras, através de 38 trilhas de entrada.

A chefe do Parque Nacional da Chapada Diamantina, Soraya Martins, disse que o local continua operando normalmente e não está fechado para a visitação, já que o fogo se encontra em região remota da unidade, longe dos atrativos turísticos.

Fonte: G1

Foto: solaresengenharia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui