<

O número de mortos na indonésia, após o potente terremoto de magnitude 7,5 e um tsunami devastarem o país na sexta-feira (28), subiu para 1.234, anunciaram autoridades nesta terça (2).

O número total de mortos, no entanto, não é definitivo e pode crescer à medida em que os socorristas têm acesso às zonas mais remotas, como o distrito de Sigi Biromaru, a sudeste de Palu.

A catástrofe ainda deixou 59.000 deslocados.

A maior parte das vítimas foi registrada em Palu, cidade de 350.000 habitantes na costa oeste da ilha de Sulawesi, segundo a Agência de Gestão de Desastres.

O presidente indonésio Joko Widodo autorizou a ajuda internacional de urgência, e as autoridades declararam estado de emergência de 14 dias.

O Escritório para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA) da ONU calcula que 191 mil pessoas precisam de ajuda urgente, incluindo 46 mil crianças e 14 mil idosos.

Ajuda internacional

Dezenas de agências humanitárias e ONGs ofereceram ajuda ao país, mas o envio de material à região é muito complicado: estradas estão bloqueadas, e os aeroportos, muito danificados.

A ONG Oxfam prevê o envio de ajuda a, potencialmente, 100.000 pessoas, com destaque para alimentos instantâneos, equipamentos de purificação de água e barracas, anunciou Ancilla Bere, diretora da organização na Indonésia.

34 estudantes encontrados mortos

Socorristas indonésios descobriram os corpos de 34 estudantes de Teologia em uma igreja na ilha de Sulawesi, soterrada por um deslizamento de terra, anunciou nesta terça uma porta-voz da Cruz Vermelha local.

“A equipe (de socorristas) encontrou 34 corpos no total”, disse Aulia Arriani.

Segundo Ariani, o local é de difícil acesso. “O problema mais sério é andar a pé na lama durante hora e meia transportando os corpos”.

Enterros em massa

Soldados enterram vítimas em uma vala comum na Indonésia — Foto: Jewel Samad / AFP

Soldados enterram vítimas em uma vala comum na Indonésia — Foto: Jewel Samad / AFP

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui