Treino do Brasil após cancelamento da partida | Foto: Reprodução / TV Globo

Após a confusão envolvendo a Anvisa, Polícia Federal e a delegação da Argentina durante o jogo com o Brasil, na tarde deste domingo (5), a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou que o árbitro decidiu suspender a partida.

“Por decisão do árbitro da partida, o encontro organizado pela FIFA entre Brasil e Argentina pelas eliminatórias da Copa do Mundo está suspenso”, escreveu a Conmebol em uma rede social.

Realizada em São Paulo, a partida era válida pelas eliminatórias da Copa do Mundo 2022 e foi paralisada com cinco minutos do primeiro tempo após agentes da Anvisa e da PF entrarem em campo para retirar jogadores argentinos que foram barrados pela agência de atuar na partida.

A Anvisa solicitou que a Polícia Federal expulsasse quatro jogadores da delegação por informações sanitárias falsas no processo de entrada ao Brasil.

Com a intervenção da Anvisa, todos os jogadores argentinos saíram de campo em direção ao vestiário. Segundo informações da TV Globo, Messi e o técnico Lionel Scaloni questionaram aos brasileiros: “Por que não autuaram antes? Por que deixaram entrar em campo?”. Scaloni já havia antecipado que a Argentina não voltaria para o jogo.

Com o episódio, a seleção brasileira realiza um treinamento no estádio. (BN)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui