Paulo Gustavo (Foto: Globo/João Miguel Júnior)

O ator Paulo Gustavo, de 42 anos, passou a utilizar uma terapia que se assemelha ao uso um pulmão artificial após agravamento no quadro clínico em função da Covid-19. Internado desde 13 de março para tratamento contra a doença, ele passou a utilizar uma terapia por ECMO – Oxigenação por Membrana Extracorpórea. O método é uma técnica utilizada em pessoas com falência cardiovascular ou pulmonar.

A terapia conta com o uso de uma bomba para fazer circular o sangue por meio de um pulmão artificial fora do corpo, regressando depois à corrente sanguínea. Paulo Gustavo segue em terapia intensiva. Ele está intubado desde o dia 21 de março.

“Optamos pelo início da terapia coadjuvante com ECMO, com o objetivo de permitir uma melhor recuperação da função pulmonar. Após o agravamento ocorrido, a situação permanece estável nas últimas horas”, informou a equipe médica, em nota divulgada ontem (2). A família do ator disse que segue agradecendo aos fãs pelo carinho e pede que continuem a enviar boas energias e orações para sua recuperação e para de todos os que se encontram na mesma situação. (Metro 1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui