FOTO: rEPRODUÇÃO

Em avaliação das taxas de contaminação pela covid-19 na Bahia, o secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, disse que essa semana foi “extremamente difícil” com os índices de ocupação de leitos de UTI chegando a 85%.

O gestor afirma que a partir de um trabalho intenso dos chefes das UTIs e diretores dos hospitais as taxas reduziram para 83%. O secretário alerta que mesmo com o aumento do número de leitos nos últimos meses, chegando agora a quase mil e seiscentas vagas, o estado chegou ao limite de crescimento da rede de saúde dedicada exclusivamente para o tratamento de pacientes com coronavírus.

O secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, afirma que o estado vem monitorando as regiões da Bahia e irá reavaliar na próxima semana a necessidade da adoção de medidas restritivas com o objetivo de conter a disseminação do coronavírus.

Ele afirma que a taxa de ocupação de leitos de UTI e o número de pessoas que aguardam mais de 24 horas nas emergências por vagas de internamento serão os principais indicadores levados em conta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui