FOTO: REPRODUÇÃO

Uma mulher procurou a delegacia do bairro Aratu, em Barreiras/BA, para denunciar o suposto estuprador do seu filho de dez anos. Em seu relato, a mãe esclarece que o garoto foi abusado sexualmente pelo padrasto, seu atual companheiro de convívio.

O garoto afirma que o denunciado lhe pedia para pegar em seus órgãos genitais, e manteve relação sexual anal com ele em sua cama, inclusive presença do seu irmão.

A mãe acrescenta que, o menino (vítima) não soube dizer quantas vezes sofreu abuso, apenas garante que foram em várias ocasiões, sendo a primeira vez, há três meses e a última acerca de dois anos.

O delegado ouviu a mãe do garoto, expediu guia solicitando perícia de constatação do estupro e encaminhou o caso para investigação do Delegado titular de Barreiras, Dr. José Romero.

Fonte:. Barreiras Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui