O animal teria sido morto com autorização do dono​. O ato causou revolta entre os protetores de animais.​

boi foi morto a tiros pela PM de Passos na manhã desta quinta-feira (23).

O animal fugiu de uma fazenda na zona rural e foi parar na cidade. Na fuga ele teria atacado um senhor de 72 anos, que teve fratura na perna e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiro e levado para o hospital.

animal teria sido morto com autorização do dono. O fato gerou revolta entre movimentos de defesa dos animais.

A Polícia Militar foi chamada por volta das 9h na Rua Bernardino Vieira. Moradores precisaram fechar os portões das casas para evitar mais ataques.

Os militares tentaram acionar o órgão responsável para retirada do animal, mas não conseguiram. Por conta do ataque e da falta de controle do boi, os policiais sacrificaram o animal na rua a tiros.

Revolta entre protetores

Após o ocorrido, o Movimento Mineiro pelos Direitos dos Animais (MMDA) se pronunciou sobre o caso. “O ato configura um desserviço para a evolução de nossa espécie.

A banalização da vida do animal diante da população contribui para seu embrutecimento e violência, conforme a Teoria do Elo”, segundo a coordenadora do MMDA, Adriana Araújo.

entidade vai entrar com denúncia junto ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) para apurar os fatos por maus-tratos (Lei 22.231/2016).

Ainda segundo a polícia, o boi ficava em um local que teve a cerca rompida. Não foi possível identificar se o rompimento da cerca foi em uma tentativa de furto ou aconteceu de outra forma.

Assista ao vídeo:

Com informações do TV Minas , editadas e atualizadas por Maisnoticias.net.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui