Foto: Divulgação

O Instituto Butantan entregou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na noite desta terça-feira, 23, as informações e dados necessários que faltavam na solicitação feita, no início do mês, para iniciar os testes do soro anti-Covid em humanos.

O soro, produzido a partir do plasma de cavalos, começou a ser desenvolvido no ano passado e visa amenizar os sintomas da Covid-19.

O Instituto já tem 3 mil frascos de soro para dar início aos testes. E espera conseguir a liberação para isso até sexta-feira, 26.

O estudo, coordenado pelos médicos Esper Kallás e José Medina, da Universidade de São Paulo (USP), visa descobrir qual a dose necessária para se obter os efeitos esperados sobre a doença. (A Tarde)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui