Foto: Reprodução

Por Juliana Almirante


Consumidores irrigantes, aquicultores ( Ciência que estuda técnicas de cultivo e reprodução de peixes, algas, crustáceos ou moluscos. Também pode designar o tratamento de lagos ou rios para melhorar a atividade piscatória. ) e demais rurais  estão sendo convocados pela Coelba para fazer o recadastramento da tarifa subsidiada. Por determinação da Resolução Nº 800, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), os clientes classificados nessas categorias de consumo precisam revalidar a documentação para não perder descontos na conta de energia, que variam de 8% a 90%. Até dezembro, mais de 82 mil consumidores que não haviam feito recadastramento; redução varia entre 8% e 90%

O percentual de subsídio depende da atividade desenvolvida. Até dezembro, mais de 82 mil devem apresentar a comprovação exigida pela Aneel. Caso não efetuem o recadastramento, os consumidores atualmente beneficiados perdem o subsídio a partir de janeiro de 2020.

O público está sendo convocado por meio de avisos nas faturas mensais de energia elétrica. No total, aproximadamente 246 mil baianos devem revalidar os dados cadastrais até 2021. (Bahia.Ba)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui