Maisnoticias - Conta de luz vai aumentar 6,78% com nova bandeira
Foto: Reprodução
  • A nova bandeira representa uma alta de 49,63% em relação à bandeira vermelha patamar 2;
  • Entrará em vigência a partir de 1º de setembro de 2021, tendo duração até abril  de 2022.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou nesta terça-feira (31) a criação da bandeira de escassez hídrica, como medida de enfrentamento à falta de recursos de água doce. A nova bandeira carrega um aumento de 6,78% na tarifa média da conta de luz dos consumidores regulados e entrará em vigência a partir de 1º de setembro de 2021, tendo duração até abril  de 2022.

A nova bandeira representa uma alta de 49,63% em relação à bandeira vermelha patamar 2, que até agora era a mais alta do sistema e estava em vigor nos últimos meses.

A tarifa não se aplica aos consumidores inscritos nos programas sociais pagantes da tarifa social, aos consumidores do estado de Roraima, por ser um estado isolado.

Segundo a Aneel, o novo custo tenta suprir o rombo de R$ 13,8 bilhões, gasto a mais é consequência da importação e geração térmica adicional juntamente com o déficit na conta de bandeiras em julho deste ano.

Fonte: BPMONEY

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui