Fotos: Alberto Maraux | SSP-BA
Fotos: Alberto Maraux | SSP-BA

O digital influencer Iuri Santos Abraão, conhecido como Iuri Sheik, suspeito de atirar em um empresário em Santo Antônio de Jesus, Recôncavo Baiano, se apresentou à polícia na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Salvador, na tarde desta quarta-feira (26).

A vítima morreu no final desta manhã. William Oliveira foi baleado após uma discussão durante os festejos juninos, no domingo (23). Iuri Sheik era procurado pela polícia desde a noite do crime. Um mandado de prisão preventiva contra ele foi expedido na segunda-feira (24) e ele estava foragido desde então.

Fotos: Alberto Maraux | SSP-BA

Na chegada à delegacia, às 16h30 desta quarta, Iuri não falou com a imprensa. Disse apenas que o ato “destruiu” a vida dele. Ele chegou acompanhado de dois advogados, que também não falaram sobre o caso. 

No DHPP ele prestou depoimento à delegada Clelba Teles. A polícia não deu detalhes sobre as declarações de Iuri, mas informou que, questionado sobre a arma utilizada no crime, ele disse ter perdido depois da fuga. Por volta das 17h15, ele foi encaminhado para o Departamento de Polícia do Interior Polícia Civíl (DEPIN), onde terá o mandado de prisão cumprido.

Fotos: Alberto Maraux | SSP-BA

De lá, ele será encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde fará exame de corpo de delito, antes de seguir para o Presídio da Mata Escura. Caso A vítima foi baleada enquanto estava em uma festa de “paredão”, na noite de domingo (23), depois de uma discussão de trânsito com o digital influencer. A Polícia Civil suspeita que o disparo tenha sido motivado após a vítima negar um aperto de mão a Sheik. Seis testemunhas do caso já foram ouvidas. Na segunda-feira (24), a vítima passou por cirurgia e, na manhã desta quarta, chegou a apresentar melhora, mas o quadro se agravou em seguida. >>>

Ainda não há informações sobre a liberação do corpo e nem onde e quando devem ocorrer velório e sepultamento.

Já na terça-feira (25), Iuri postou uma foto em seu perfil no Instagram em que aparece chorando e uma outra imagem em que diz na legenda que vai se apresentar. “Toda versão existe dois lados. Logo mais vou me apresentar e contar realmente o que aconteceu”, escreveu.

Depois do crime, Iuri tornou o perfil no Instagram privado e só colocou a rede social como pública novamente na terça, pouco antes de fazer a postagem. O Instagram dele tem 288 mil seguidores. Na rede social, já compartilhou fotos com diversos famosos, entre eles os jogadores Neymar e Daniel Alves. Informações preliminares da polícia apontam que Iuri Sheik e William Oliveira discutiram após a vítima pedir que o influencer parasse de fazer manobras perigosas com o carro, conhecidas como “cavalo de pau”, em uma via pública de Santo Antônio de Jesus.

A Polícia Civil disse também que, antes da confusão, a vítima teria negado um aperto de mão a Sheik, o que também teria contribuído para gerar o atrito entre os dois. Iuri então entrou no carro, pegou um revólver e atirou várias vezes contra William, que foi atingido por dois disparos no peito. Ainda segundo a polícia, ele fugiu do local sem prestar socorro.

Testemunhas contaram que a vítima e o digital influencer já tinham um tipo de rivalidade. A polícia não detalhou as desavenças entre eles. Pessoas que estavam no local no momento do crime estão sendo intimadas para prestar depoimento sobre o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui