Com o objetivo de contribuir na prevenção e no cuidado dos ciclistas baianos, bem como evitar o alarmante aumento do número de acidentes envolvendo ciclistas em todo o país, a deputada Ivana Bastos indicou ao governador Rui Costa, em especial ao diretor presidente da AGERBA, Carlos Henrique Azevedo Martins, a Implantação de Sinalização de Advertência aos condutores de veículos motorizados sobre a presença de ciclistas em diversas rodovias, destacadas em duas indicações específicas.

Na primeira, a deputada solicita que seja implantada a sinalização de advertência na rodovia BR-030, trecho de acesso a cidade de Guanambi;  na rodovia BR-030 conjugada com a BA-612, trecho de acesso ao distrito de Mutans, município de Guanambi; na rodovia BR-030 conjugada com a BA-936, trecho de acesso ao distrito de Morrinhos, município de Guanambi; e na rodovia BA-938 trecho de acesso entre a cidade de Guanambi e o seu distrito de Ceraíma. 

Já na segunda, a parlamentar destaca a necessidade de executar os serviços de  sinalização de advertência ao motoristas na rodovia BR-430, trecho de acesso a cidade de Igaporã; na rodovia BR-030, trecho de acesso as cidades de Caetité; Palmas de Monte Alto, Iuiú e Malhada; na rodovia BR-122, conjugada com a BA-612, trecho de acesso a cidade de Candiba; na rodovia BR-122, trecho de acesso a cidade de Pindaí; na rodovia BR-122, trecho de acesso a cidade de Urandi.     

Segundo Ivana, a pandemia acentuou a necessidade de fomentar o transporte positivo. “O transporte coletivo é tido como a melhor solução para a mobilidade urbana, mas diante do atual cenário, esse meio de locomoção tem se mostrado um vetor propício para a disseminação da doença. O incentivo ao uso de carros não é uma alternativa viável, é preferível o investimento na ampliação de calçadas e ciclovias. Certamente, medidas com esses objetivos não serão apenas temporárias, mas estão alinhadas com a estratégia urbana para o futuro próximo, garantindo segurança e conforto aos pedestres e ciclistas para tais práticas”, destacou.


Assessoria de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui