FOTO: REPRODUÇÃO

Buscando combater os avanços do novo coronavírus no Brasil e no mundo, Eduardo Costa fará uma doação milionária para o SUS. De acordo com o Fofocalizando, da SBT, o Sistema Único de Saúde receberá do cantor um valor de R$ 2,5 milhões.

O programa ainda informou que Eduardo Costa deve abrir mão dos direitos autorais durante o período de pandemia mundial. O motivo também seria destinar o lucro para a saúde e combate à Covid-19.

Críticas

No entanto, o cantor não vem curtindo muito a maneira como outras celebs vêm se comportando em relação ao coronavírus. Recentemente, uma corrente percorreu a internet incentivando um ‘aplausaço‘ nas janelas para agradecer aos profissionais de saúde.

Pois bem, Eduardo Costa essas atitudes não são tão bem vistas assim. Ele gravou um vídeo em que chamou celebs como Luciano Huck e Rodrigo Faro de hipócritas. “To vendo um monte de apresentadores de televisão, que agora tão no conforto dos seus lares, com dinheiro sobrando. Hipócritas pra cara&%@, batendo palminha pra enfermeiro, pra médico. Posso falar uma coisa pra você? Palma não enche barriga”, criticou.

A solução para ele seria, em vez de “palminhas“, uma campanha para aumentar o salário de condição do trabalho dos profissionais de saúde. “Quem quiser reconhecer o valor dessas pessoas faz uma campanha em todo Brasil para melhorar o salário delas”.

“Não adianta de porcaria nenhuma”

Com mais de 17 minutos de vídeo, Eduardo Costa não dispensa palavras e cita as ‘palminhas’ várias vezes ao longo do vídeo. “Bater palminha na frente da internet pra fazer graça pra seguir não adianta porcaria nenhuma. Isso não põe comida na mesa. Isso não dá um carro bom. Isso não paga a escola dos filhos deles, não”.

No desabafo, o sertanejo também incluiu críticas à Vale, responsabilizando a empresa pela tragédia em Brumadinho, Minhas Gerais. “Ninguém fala nisso, notaram?”, questiona.

Outros famosos

A cantora Rihanna fez uma doação de US$ 5 milhões para grupos de assistência em diversos países afetados pela pandemia de coronavírus. O dinheiro será usado para abastecer bancos de comida que atendem comunidades em risco, acelerar os testes de coronavírus e o tratamento médico em países como Haiti e Malawi, fornecer equipamento de proteção para médicos e enfermeiras e acelerar o desenvolvimento de vacinas, revelou o TMZ.

As doações, feitas atravez da Fundação Clara Lionel, de Rihanna, incluem US$ 700 mil destinados a compra de ventiladores para seu país natal, Barbados. “Nunca foi tão importante ou urgente proteger e preparar comunidades marginalizadas – aquelas que serão atingidas com mais força pela pandemia“, disse Justine Lucas, diretora da fundação, ao TMZ.

Em 2018, Rihanna foi nomeada Embaixadora Extraordinária e Plenipotente de Barbados, papel que envolve promover a educação, turismo e economia do país. A fundação Clara Lionel existe desde 2012 e trabalha na promoção de educação e suporte a programas de emergência em vários países.

O último álbum da Rihanna, Anti, foi lançado em janeiro de 2016, e trouxe o single “Work”.

Xuxa

Na última sexta-feira (20), a apresentadora Xuxa afirmou que faria uma doação de cerca de R$ 1 milhão ao Ministério da Saúde por meio de sua franquia de depilação a laser. A apresentadora é uma das sócias da Espaçolaser, que anunciou que vai reverter parte de seus ganhos dos dois últimos meses ao SUS para a contenção do novo coronavírus.

Fonte: meridionalfm

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui