Eleições 2020: Polícia Federal vai investigar fake news contra candidato a vereador em Brumado
Foto: Reprodução

Um candidato a vereador registrou um boletim de ocorrência na delegacia de Brumado por ter sido vítima de fake news.

Em grupos de WhatsApp foi divulgada a informação de que o candidato teria sido acusado de estupro, porém, ao site Achei Sudoeste, o delegado Samuel Paz garantiu que não há nenhum registro de tal delito cometido pelo candidato. “É um erro grosseiro aquilo tipo de montagem que foi feita com a foto dele.

Você percebe isso claramente. Há anos que aquele tipo de identificação criminal não é mais usado na polícia. Possivelmente, ele está sendo vítima de calúnia em período eleitoral para atacar a sua honra e imagem”, esclareceu.

O delegado alertou que incorre em crime não somente quem criou a notícia falsa, mas também quem divulga esse tipo de conteúdo. A pena pode culminar em prisão.

O candidato garantiu a nossa reportagem que irá acionar a Polícia Federal para que o crime seja apurado e o autor e os compartilhadores da fake news sejam identificados. “Tenho vários prints de envio dessas informações falsas e caluniosas contra a minha pessoa”, disse o candidato.

Com informações do Achei Sudoeste, editadas e atualizadas por Maisnoticias.net.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui