Crédito da Foto: Berimbau Notícias

Familiares de José Silvano Cerqueira, 71 anos, esclareceram a troca de um caixão realizada por agentes de uma funerária localizada no município de Água Fria, a 156 km de Salvador. Os funcionários foram flagrados realizando a mudança do corpo de uma urna funerária para outra em via pública na cidade de Conceição de Jacuípe. Toda ação foi flagrada por meio de um cinegrafista amador e repercutiu nas redes sociais de toda a Bahia. 

José Silvano Cerqueira Júnior conversou nesta quinta-feira (20/2) com o Berimbau Notícias – parceiro do MAISNOTICIAS.NET O homem relatou que ele e os irmãos ficaram indignados com a situação. Ele chamou a ação de “desrespeito” e “falta de cumprimento de acordo” por parte da funerária. 

“Nós pagamos R$ 5.300 pelo o caixão, preparação do corpo para o funeral e translado de meu pai do Hospital da Bahia, em Salvador, até o município de Água Fria. O enterro foi no sábado (15/2), mas quando foi na segunda-feira (17/2) eu fiquei sabendo do que aconteceu com o corpo. Não foi combinado”.

LEIA MAIS:Juíza explica a soltura de Delton, acusado de chefiar facção criminosa

“Uma funcionária me falou que tinha um carro em Salvador para trazer o corpo de meu pai e que um veículo da funerária de Água Fria iria encontrar com esse carro no município de Conceição de Jacuípe. Uma funerária de apoio faria a troca do corpo de um caixão de remoção para o caixão que escolhemos e tirar de um carro para botar outro, dentro da funerária. Não era para fazer isso na via pública. Isso é um ato irresponsável”, sustentou. 

Os familiares prometem processar a empresa por conta do desrespeito ao cadáver e por descumprimento de acordo. “Já acionei advogados para processar o dono da funerária. Quando fui pegar um documento no local na segunda-feira (17/2), uma das funcionárias pediu desculpas pelo vídeo. Mas falei para ela que era o proprietário que tinha que se retratar com a família”, promete Júnior.

O gerente da Funerária PAF Água Fria também se pronunciou. Evandro Costa alegou que o carro da funerária quebrou e por isso o cadáver precisou ser exposto na via, durante a troca de caixão. 

Do Berimbau Notícias, parceiro do MAISNOTICIAS.NET.BR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui