Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Três grandes eventos com registro de aglomeração de pessoas foram flagrados e suspensos pela Polícia Militar (PM) na cidade de Guanambi, a 141 km de Brumado, nos últimos dias.

Na sede e zona rural, as pessoas se reuniram em festas clandestinas que repercutiram em toda região, tendo em vista a iminência de uma terceira onda da Covid-19.

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o Tenente Coronel Arthur Mascarenhas, comandante do 17ª Batalhão de Polícia Militar (BPM), declarou que as pessoas não estão tendo real noção da gravidade da pandemia, bem como do perigo que correm nessas festas clandestinas. “O Estado como um todo, o Governo do Estado, as prefeituras da Bahia estão fazendo um esforço hercúleo para diminuir os casos positivos, os números de mortes, mas essas ações por si só não são suficientes para reduzir esses dados. Precisamos do apoio da população”, destacou.

Para o comandante, os aglomeradores, grandes culpados pelo aumento dos índices na pandemia, vão sentir no bolso com as próximas ações da PM. “Vamos endurecer as medidas de repressão contra esses irresponsáveis”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui