Idoso foi preso suspeito de abusar sexualmente de criança em Riacho de Santana.
Foto: Reprodução

Um idoso de 68 anos é suspeito de abusar sexualmente de uma criança de 9 anos, em Riacho de Santana. Ele teve uma prisão preventiva expedida e foi preso, na manhã desta quinta-feira (30), na zona rural do município.

O suspeito foi apresentado na Delegacia Territorial de Riacho de Santana e permanece à disposição da justiça. O caso segue em segredo de justiça e a polícia não divulgou detalhes. A Polícia Civil investiga o crime.

Abuso sexual infantil

Um retrato cruel traduzido em números: 70% das vítimas de estupro no Brasil são crianças e adolescentes. A maioria possui entre 7 e 14 anos. Segundo a Fundação FEAC, o país está entre um dos primeiros no ranking internacional com mais casos de exploração sexual de crianças e adolescentes.

Segundo a lei, “abuso sexual infantil” é um termo guarda-chuva que descreve infracções penais e cíveis na qual um adulto se envolve em atividade sexual com um menor ou explora um menor para propósito de gratificação sexual.

A Associação Psiquiátrica Americana afirma que “crianças não podem consentir em atividade sexual com adultos”, e condena qualquer ação por um adulto –  “Um adulto que se envolve em atividade sexual com uma criança está realizando um ato criminoso e imoral que nunca pode ser considerado como um comportamento normal ou aceitável socialmente”.

Em 14 de maio de 2006, o Disque-denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes passou a atender em um número de utilidade pública – 100 -, de fácil acesso e memorização para a população. De abrangência nacional e gratuito, o serviço recebe denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes e as encaminha aos órgãos de defesa e responsabilização. Coordenado pela SEDH desde maio de 2003, o serviço já encaminhou mais de 17 mil denúncias.

Agencia Sertão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui