Imagem: Reprodução

Em 2019, o índice de informalidade no mercado de trabalho brasileiro ultrapassou os 41%, o maior valor desde 2016, quando o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) passou a investigar essa taxa.

Isso indica que, de cada 10 trabalhadores ou empregadores, quatro atuam na informalidade.

Atualmente, 38,8 milhões de brasileiros estão na informalidade, o que representa um crescimento de 714 mil pessoas em um ano.

Este grupo inclui os trabalhadores sem carteira assinada (empregados do setor privado e domésticos), os sem CNPJ (empregadores e por conta própria) e os sem remuneração (auxiliares de trabalhos para a família).

(Bahia.Ba)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui