Itaú deve indenizar mulher que perdeu R$20 mil no golpe do Pix Imagem: TIAGO CALDAS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

O banco Itaú foi condenado a ressarcir uma idosa de Goiânia que perdeu mais R$ 20 mil reais em um golpe praticado pelo Pix, além de indenizá-la em R$ 5 mil.

Segundo a sentença, a cliente teve um montante de R$ 20.421,39 desviado de sua conta em transferências de valores diversos, em fevereiro deste ano. Ela registrou boletim de ocorrência e tentou resolver a situação de forma administrativa, mas o Itaú se recusou a recuperar o dinheiro, de acordo com o documento.

O juíz Leonys Lopes Campos da Silva entendeu que o banco falhou em oferecer segurança à conta da cliente e não conseguiu provar que a responsabilidade pelas transações era da idosa.

Em nota, o Itaú disse que investe continuamente em sistemas de segurança, usa tecnologia para evitar a ação de criminosos e promove campanhas que ajudam os clientes na prevenção de golpes e fraudes.

No caso em questão, entretanto, o banco afirma que as transações mencionadas foram realizadas pelo celular do cliente cotitular da conta, neto da idosa, mediante confirmação da senha pessoal e exclusiva. Por não ter identificado falhas na prestação dos serviços, o Itaú irá recorrer da decisão.

Fonte: Uol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui