Ivana Bastos une forças a movimento e busca da ampliação da rede de proteção à mulher em Guanambi
Foto: Reprodução

om o objetivo de promover políticas públicas de enfrentamento à violência contra a mulher no município de Guanambi e região, bem como ampliar a rede de proteção para acolhimento de vítimas, a deputada Ivana Bastos, as vereadoras Lilia e Miram Paes; a representante do Movimento do Luto à Luta, Neide Lú; e os vereadores Paulo Costa, Tião Nunes e Hélio Lelé, se reuniram com secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA), Julieta Palmeira. Logo em seguida, o grupo se reuniu com a delegada-geral Adjunta da Polícia Civil, Elaine Nogueira da Silva.

“A nossa luta é em prol da vida, da dignidade e em defesa das mulheres. É inadmissível passar toda uma vida na angústia e no medo de sofrer violência só pelo fato de ser mulher. Hoje, aqui, a pauta é maior do que qualquer posicionamento político. Estamos unidos por todas nós”, frisou a deputada.

SPM

Na ocasião, o grupo justificou a urgência em implantar uma DEAM em Guanambi, visto o alarmante e crescente número de casos de violência contra a mulher, nas suas mais variadas formas, assim como o preocupante volume de inquéritos paralisados na cidade, apesar de os esforços desenvolvidos por órgãos e Instituições. O número de medidas protetivas incrementadas em Guanambi alcança, neste momento, 320 mulheres ativas.

Ainda a comitiva destacou o sentimento geral da população guanambiense, abalada em função dos sucessivos acontecimentos de violência e crimes de feminicídio, a exemplo do brutal assassinato das jovens Alcione Malheiros e Ana Júlia Malheiros, mãe e filha, respectivamente, ocorrido em 12 de dezembro de 2021.

Determinada em contribuir para a efetiva implementação de políticas no município e região, a secretária falou sobre a implantação do Centro de Referência de Atendimento à Mulher no município, viabilizado através de emenda do deputado federal Charles Fernandes. Julieta citou também a necessidade de implantar o mais breve possível o Núcleo de Atendimento Especializado da Mulher (NEAM), assim como casa de passagem, dentre outras ações.

Polícia Civil

Em continuidade a agenda de trabalho, a deputada, as vereadoras Lilia e Miram Paes; a representante do Movimento do Luto à Luta, Neide Lú; e o vereador Paulo Costa, tiveram um encontro com a delegada-Geral Adjunta da Polícia Civil, Elaine Nogueira da Silva. Fortalecendo a luta pela implantação da DEAM em Guanambi, o grupo pediu o apoio da delegada e recebeu o retorno positivo, na tarefa de atuar preventivamente e protetivamente com o público feminino em situação de vulnerabilidade e vítimas de violência.

Do Luto à Luta

O Movimento do Luto à Luta é constituído por familiares de Alcione e Ana Júlia, Procuradoria da Mulher da Câmara de Vereadores de Guanambi, Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher, Ronda Maria da Penha, Polícia Militar, Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher – OAB Guanambi, representantes religiosos e populares. A iniciativa tem atuado para desconstruir o machismo estrutural; pela implantação do CRAM (Centro de Referência ao Atendimento à Mulher); a implantação de um serviço de apoio às mulheres e famílias vítimas de violência; construção do mapa da violência em Guanambi e região contra às mulheres; implantação da DEAM (Delegacia Especializada da Mulher) pelo governo do Estado da Bahia.

Camila Queiroz

Jornalista – SRTE 4752

Assessoria de Comunicação

Gab. Deputada Ivana Bastos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui