Joaquim Barbosa diz que Lula corre risco de morrer: 'Outro lado é sanguinário'
Joaquim Barbosa Credit... Foto: Fellipe Sampaio/STF Joaquim BarbosaCredit...Foto: Fellipe Sampaio/STF

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa disse à jornalista Daniela Pinheiro, do Uol, que não duvida que Lula (PT) possa ser assassinado durante a campanha eleitoral para presidente. “Não duvido. Essa turma do outro lado é sanguinária, não tem limites. Pode vir um doido e fazer isso mesmo”, afirmou Barbosa. Ele acha que o ex-presidente deveria redobrar os cuidados com a segurança pessoal. A afirmação do ex-ministro foi na quinta-feira (10).

Joaquim Barbosa, que pediu desfiliação do PSB há 10 dias, classificou a eventual chapa entre Lula e Geraldo Alckmin (Sem partido) como uma “jogada de mestre”. Barbosa chegou a ser cogitado para se lançar candidato à presidência em 2018.

De acordo com a nova pesquisa do Ipespe para a presidência, realizada entre os dias 7 e 9 de fevereiro, Lula segue liderando. O petista aparece com 43% das intenções de voto, enquanto o atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), marca 25%.

Sergio Moro (Podemos) se manteve estável, com 8%. Empatado com o ex-juiz suspeito da Lava Jato está Ciro Gomes (PDT), também com 8%. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), está na quinta posição, com 3% das intenções de voto.

André Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB) tiveram 1%.

Fonte: Jornal do Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui