Foto: Reprodução

A decisão da Juiza da 1ª Vara Criminal de Guanambi, Dra. Adriana Silveira Bastos, que foi publicada no Diário da Justiça do Estado da Bahia nesta segunda (17), colocou em liberdade Aldo Berto Castro, o Delton. Ele estava preso no presídio de segurança máxima de Serrinha – BA, a 183 km da capital baiana, Salvador. 

Delton foi preso desde 2015, por ser acusado de chefiar uma quadrilha de tráfico de drogas e de participação em vários homicídios em Guanambi. A decisão da juíza Adriana Silveira Bastos, foi voltada para o processo do homicídio de César de Azevedo Santos, em que Aldo Delton, poderia ter participado. Homicídio ocorrido em 30 de setembro de 2017. 

De acordo a certidão de publicação da Juíza, os depoimentos das testemunhas não foram consistentes para comprovar a participação de Delton como mandante do crime. A defesa também, alegou que Delton já encontrava-se custodiado e a juíza entendeu que não houve consistência comprobatória de sua participação no referido homicídio.

O programa de rádio e site Fala Você Notícias procurou a juíza para entender a soltura de Aldo Delton, já que ele possui vários processos por homicídios. A Dra. Adriana Silveira Bastos explicou que “Delton possui 16 processos,  sendo que em quatro ele foi impronunciado, ou seja, ele não vai ser submetido a julgamento pelo tribunal do júri, o fato de serem impronunciados à prisão é revogada por questão legal.  Em três outros processos ele foi absolvido, um dos, ele foi indultado, beneficiado pela Lei Federal”.

“Os demais processos que restam na justiça não tem nenhum mandado de prisão contra ele”, diz a Juíza. Dos oito processos restantes, Dra. Adriana Bastos fala que por motivos que não sabe explicar, a justiça perdeu o prazo de um processo de 2013 (processo que tinha mandado). “Os advogados entraram e revogaram a prisão por excesso de prazo”, relata. 

Dra. Adriana foi enfática ao dizer que “não havia mandados de prisão contra Delton e por essa razão Delton encontra-se hoje em liberdade”.

A juíza afirma que tem processos contra ele, que “inclusive tem audiências designadas” a partir de março.   

Confira o Alvará de soltura:

Certidão de soltura de Delton

Ouça a entrevista na íntegra com Dra. Adriana Silveira Bastos, juíza da 1ª Vara Crime de Guanambi:

Fonte: Falavocê

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui