Militante LGBT, travesti é morta com três tiros na cabeça em Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia

0
190
Raphaela Souza foi morta com três tiros na cabeça — Foto: Reprodução/Facebook

Uma travesti de 32 anos foi morta com três tiros na cabeça, na noite da quarta-feira (14), em Vitória da Conquista, cidade do sudoeste da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu por volta 22h30, no Conjunto Habitacional Pau Brasil, no bairro Miro Cairo. A vítima foi identificada como Raphaela Souza.

Ainda não há informações sobre a autoria e motivação do crime, que está sob investigação da Delegacia de Homicídios de Vitória da Conquista. O corpo de Raphaela será sepultado na tarde desta quinta-feira.

A vítima era assistente social, cabeleireira, integrante do Conselho Estadual dos Direitos da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (CELGBT) e representante do Coletivo Finas, de Vitória da Conquista.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui