A Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) informa que o velório do prefeito Herzem Gusmão, devido a mudanças no horário do voo que trará o corpo para Vitória da Conquista ,acontecerá a partir das 14 horas, na Casa de Eventos Mediterrâneo, na Zona Sul da cidade, em cerimônia reservada à família e com número limitado de pessoas devido à pandemia.

Após o velório, o cortejo fúnebre percorrerá avenidas da cidade. Com saída prevista para as 16h30, o cortejo passará pelas avenidas Charles Lemos, no Boa Vista; Juracy Magalhães; Deputado Ulysses Guimarães e Integração, chegando até o Cemitério da Saudade, onde ocorrerá o sepultamento em cerimônia novamente reservada à família de Gusmão.

Foram pouco mais de três meses de luta contra o coronavírus, mas o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, não resistiu às complicações geradas pela doença e faleceu nesta quinta-feira (18). Com 72 anos, Herzem foi diagnosticado com Covid-19 em 7 de dezembro. Pouco mais de uma semana depois, foi internado no Hospital Samur, em Conquista, com complicações pulmonares causadas pela doença, e posteriormente transferido para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. 

O prefeito de Conquista tinha apresentado melhora no quadro clínico durante a última semana, chegando inclusive a deixar o leito de Terapia Intensiva. No sábado (6), ele retornou. As notícias depois disso foram de sucessivas pioras no quadro clínico. Na ocasião, Herzem afirmou em um áudio que a “equipe médica achou por bem que eu voltasse pra UTI. Eu estou ainda necessitando de mais oxigênio. Então, eu voltei para usar o cateter de alto fluxo”.

“É com mais profundo pesar que informamos o falecimento do Prefeito de Vitória da Conquista, Sr. Herzem Gusmão, ocorrido na noite desta quinta (18), por volta das 21h, no Hospital Sírio Libanês”, escreveu a assessoria do Prefeito em publicação no Instagram. O velório e o enterro do prefeito acontecem nesse sábado, em Vitória da Conquista.

Por conta da doença, Herzem Gusmão não conseguiu estar à frente de Conquista em nenhum dia do seu segundo mandato na maior cidade do sudoeste baiano e terceiro maior colégio eleitoral do Estado. A Eleição em 2020 foi acirradíssima, com o Mdebista virando o pleito para cima de Zé Raimundo (PT) nas últimas semanas de campanha.

Nascido no dia 2 de junho de 1948, Herzem Gusmão iniciou a carreira trabalhando em uma rádio, aos 20 anos. O prefeito reeleito em Conquista é formado em Direito e pós-graduado em Comunicação e Jornalismo pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb). Em 2014, foi eleito deputado estadual suplente. Um ano depois, assumiu o mandato onde ficou por 15 meses.

A saída da Assembleia Legislativa foi para assumir o cargo de Prefeito em sua cidade Natal em 2016, quando venceu o próprio Zé Raimundo, também no segundo turno, com 57,68% dos votos válidos em Conquista na ocasião, o equivalente a 166.223 votos.

Já em 2020, Herzem foi eleito com 54% dos votos, sendo escolhido por 97.364 conquistenses. Mas quem tomou posse no dia 1º de janeiro de 2021 foi a sua vice, Sheila Lemos (DEM), que seguirá no cargo pelos próximos três anos. O discurso de Sheila na posse foi breve, pedindo orações pela vida do prefeito. Uma semana depois, no dia 8 de janeiro, Herzem tomou posse virtual, ainda na UTI.

projeto de tecnologia para geração de empregos foi o lema da campanha vitoriosa nas últimas eleições. Herzem e Sheila prometeram um foco em planejamento, desburocratização e melhoria no ambiente de negócios, que deve continuar. Já para incentivar atividades industriais, a administração preometeu investir em planos de tecnologia e inovação – a exemplo do Parque Tecnológico da Cidade.

VEJA TAMBÉM:

Morre vereador e cantor gospel Irmão Lázaro, vítima de complicações da covid-19

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui