Natural de Lagoa Real, karateca nº1 no ranking baiano não conta com apoio da prefeitura local
Foto: Reprodução

Número 1 no ranking baiano de Karatê, Eduarda Vitória Gomes de França, 15 anos, natural da cidade de Lagoa Real, a 80 km de Brumado, está sem apoio para participar do Campeonato Brasileiro de Karatê, em Fortaleza, que pode incluir a atleta na Seleção Brasileira do esporte.

Com seis medalhas em sua categoria, Eduarda já faz parte da Seleção Baiana. Mesmo com um currículo invejável e representando tão bem o Estado da Bahia e a sua cidade de origem, a karateca não conta com o apoio e patrocínio do Poder Público para participar das competições esportivas.

O radialista Gabriel Duca cobrou da atual Administração Municipal providências para o imediato apoio à atleta. “Como vão deixar a número 1 do ranking baiano sem apoio? Isso só existe em Lagoa Real. Se fosse qualquer outra cidade da região ou do país não seria assim.

Abram os olhos, apoiem a menina”, criticou. Pai da atleta, Antoniel Batista, assegurou que a falta de apoio da prefeitura se trata de perseguição política.

“Não temos o apoio de ninguém porque a ordem é dele [do prefeito Pedro Cardoso]. É tudo politicagem. Apenas alguns empresários estão ajudando. Isso não deveria acontecer porque ela está levando o nome de Lagoa Real para fora, para o país inteiro”, cobrou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui