Foto: Reprodução

Na manhã desta segunda-feira (25), o Laboratório Central de Saúde Pública do Estado da Bahia (Lacen) disponibilizou o resultado do exame laboratorial para detecção do coronavírus, realizado com o material coletado de Vivaldo Teixeira Gomes, o Pacheco, morto no último sábado (23), no Hospital Geral de Guanambi (HGG).

De acordo com o resultado do exame, Pacheco não estava com a Covid-19. Ele já havia realizado um teste rápido que também deu resultado negativo. A família não divulgou as causas da morte, sabe-se que pode ter relação com complicações cardíacas. 

Por conta da suspeita da doença, não houve velório e o sepultamento ocorreu sem a presença do público. Ele foi enterrado na manhã deste domingo (24), no Cemitério Municipal de Guanambi. Familiares e amigos acompanharam do lado de fora, onde foram prestadas homenagens.

Pacheco tinha 49 anos, seu falecimento foi recebido com muita consternação em Guanambi. Ele era comentarista esportivo na rádio 96 FM e treinador nas categorias de base do Flamengo de Guanambi, além de promotor de competições como o Campeonato Entre Bairros de Futebol.

Ele passou mal na última segunda-feira (18) e foi socorrido por uma ambulância do Serviço Móvel de Urgência  Samu 192. Desde então, seu quadro de saúde piorou e ele acabou não resistindo e falecendo.

Agencia Sertão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui