Um suspeito de estupro teve seu pênis e testículos cortados e, em seguida, jogado como alimento aos porcos na cidade de Bocaiuva, em Minas Gerais.

O homem teria tentado atacar sexualmente sua sobrinha dois dias antes de ser decepado. O ato de vingança foi liderado pelo namorado da vítima, de 20 anos, e seus primos. Já o rapaz que tem 36 anos não terá como recolocar o membro, visto a parte se perdeu.

De acordo com o jornal Estado de Minas, o suspeito teria chegado bêbado em casa. Ao ver sua sobrinha, tentou estuprá-la, mas não conseguiu finalizar o ato, pois a garota se defendeu.

O namorado da vítima ficou furioso após ouvir o relato e se juntou a seus primos. Juntos, eles levaram o agressor até um canavial próximo e arrancaram o pênis do homem no dia 19 de abril. O agressor, que trabalha na roça, conseguiu voltar para casa, apesar do sangramento, e foi até o hospital. Lá, a ferida foi contida, mas o pênis se perdeu para sempre.

O policial Stephan da Silva disse que a força procurou a genitália desaparecida, mas não a encontrou e acredita que ela tenha sido comida pelos animais. “Este caso é algo incomum, fora do comum. É até desumano”, analisou.

Em compensação, o sistema urinário do homem foi parcialmente reconstruído, permitindo que ele pudesse se aliviar. “Parecia algo saído de uma cena de um romance de Dante”, disse o cirurgião Felipe Lobo. “Seu pênis e testículos foram cortados e sua genitália externa estava completamente ausente”. Os dois suspeitos de terem arrancado a genitália foram presos.

Não se sabe se o amputado irá responder pela tentativa de estupro, visto que o crime não foi denunciado à polícia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui