Morreu na manhã deste sábado (2) a segunda vítima do incêndio provocado pelo próprio pai na tarde de sexta-feira (1º), no povoado de Mato Grosso, zona rural de Pindaí, no sudoeste da Bahia.

Andressa Pereira Carvalho, de 5 anos, morreu na emergência do Hospital Geral de Guanambi (HGG), antes de ser transferida para um hospital referência em queimadura em Salvador. O estado de saúde dela era muito delicado.

Já a terceira criança vítima de o incêndio faleceu horas depois, tambem na manhã deste sábado (2).Maicon Pereira Carvalho, de 9 anos, seria transferido em uma UTI aérea para um hospital em Salvador, porém não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital Geral de Guanambi (HGG).  Ele teve mais de 90% do corpo queimado.

Um vizinho que tentou socorrer as crianças ficou ferido e ainda permanece internado em estado grave no HGG. 

O incêndio teria sido provocado pelo pai das crianças, identificado como Galdino Souza de Carvalho. Ele teria colocado fogo na casa após uma discussão com a ex-companheira. Um menino identificado como João Augusto Pereira Carvalho, de 1 ano e 8 meses faleceu no local do ocorrido.

Os corpos foram levados ao IML-Instituto Médico Legal de Guanambi para realização de exame de necropsia.

Edição Maisnoticia via Folha do Vale

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui