Imagem / Reprodução

Agentes das Polícias Civil e Penal decidiram entrar em estado de greve, após Assembleia Extraordinária Conjunta realizada na manhã de terça-feira (21), no Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado da Bahia (Sinpojud). A paralisação de 48h acontece a partir da próxima segunda-feira (27).

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc), Eustácio Lopes, os pleitos da categoria não foram atendidos. Ele acusa o governo do estado de promover ‘tratamento discriminatório’, em relação aos supostos privilégios dados a Polícia Militar no texto da PEC 159 (leia mais aqui).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui