Foto: Reprodução

O vereador Celestino Denardin (PSD) ficava de olho em outras coisas além do interesse da população de Braganey (PR) quando ia para a Câmara de Vereadores da cidade. O edil foi multado em R$ 30 mil pelo Ministério Público Estadual por acessar conteúdos pornográficos usando um computador da casa.

Quem desconfiou dos acessos à sites nada republicanos foi o presidente da Câmara, Adriano da Silva Zielinski. Ele abriu um inquérito civil para apurar acessos à estes conteúdos, cujos indícios apontavam fortemente para Denardin, que acabou confessando a má conduta.

Pego no flagra, o vereador assinou um Termo de Ajustamento de Conduta e se comprometeu a não mais realizar qualquer ato contrário aos princípios de integridade e moralidade da Câmara. O dinheiro da multa será revertido aos cofres municipais.

Segundo nota divulgada por Zielinski, o regimento interno prevê que a conduta de Denardin pode gerar a quebra de decoro parlamentar. Ele destaca que a Câmara “tomará todas as providências pertinentes, não sendo conivente de forma alguma com condutas imorais praticadas por qualquer um dos vereadores que compõe o corpo legislativo do município”.
Fonte:. Itambeagora

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui